21 de set de 2017

Se dê uma nova chance

Um dos meus maiores espinhos é dificuldade de ter palavras macias. Eu sou muito direta e acabo falando as coisas muito rasgado, muito prático, sem rodeios. Por muitas vezes eu machuco pessoas que amo sem perceber. Mulheres no geral são sensíveis e homens mais práticos, há exceções, mas digamos que eu sou uma mulher bem sensível.

"Nossa mas você é sensível e não percebia suas grosserias? Hipócrita"

Não só isso.Era um problema de não conseguir perceber o relacionamento em si, mas viver me vias gerais.  Mas isso começou a mudar a partir do momento que eu comecei a dar um passo ao amor de Cristo. No momento que eu comecei a perceber o ser humano como além de um ser senciente, social (não importa se você é anti social ou diz que não gosta de gente, numa ilha deserta você ficaria um mês bem e no resto louco) e sensível.

Algo que piorava isso é que eu não falo, eu expresso silenciosamente minha desaprovação. As vezes é até pior, e eu não consigo ocultar o que meus olhos dizem. E acabava evitando dizer minha real opinião quando é algo via internet. Mas eu vi que ocultando ou falsificando eu estava tapando o sol com a peneira e eu precisava mudar como eu me sentia e como eu via aquilo, não simplesmente me anulando (pois vamos por a real, a gente fica entalada quando não diz o que está pensando, e isso vai nos matando aos poucos). Depois de um tempo, eu via que eu me esforçava muito pra evitar ferir os outros e as pessoas passavam sal no dedo e passavam nas minhas feridas quando falavam comigo. Talvez algumas movidas por vingança por situações passadas. Muitas delas com essa motivação, alias. Aprendi novamente como relacionar com os outros, evitando as ofensas do ego e readministrando meus relacionamentos, e isso também significa afastar de quem te fere "sem motivo". Na verdade, não há nenhuma motivação real para se ferir alguém pois todos estamos no mesmo plano, não há ninguém melhor que ninguém, e todos nós erramos. Então para que se tornar o tal "vingador"?

Creio que fazer vingança com as próprias mãos nos dá um sentimento semelhante a satisfação. "Ah, agora o fulano vai pagar pelo que fez", "ela sempre foi grossa comigo, vou aproveitar agora e pisar nela, ela vai ver o que é bom". Poucas pessoas vieram notando o tanto que eu estava mudando ou buscando melhorar de maneira geral, e eu vi que para essas pessoas, tão apegadas a suas próprias feridas, era melhor que a relação se acabasse ali. A vingança era mais importante que um relacionamento, e eu era figurante numa história de bandido e policial, onde na verdade, ambos haviam roubado. Como eu me manteria motivada a me relacionar com alguém que gostava tanto de me ver como alguém tão indigno e errado sendo que todos nós erramos? Alguns dizem que traição não tem perdão, e eu concordo com isso, mas a vida nos leva para caminhos que plantamos sem tomar total consciência e nos deparamos com situações que jurávamos de pés juntos que nunca estaríamos. Talvez este seja o momento de olharmos para trás e vermos o quão falho somos e o tanto de julgamentos fizemos para outros que estavam na mesma condição que nós: tentando acertar.

Não ajuda ter pena do outro, pena não resolve nada. Pena é um sentimento raso. Aí você fica com pena de uma pessoa e começa a criar um amparo de mãe, cultivando uma barreira enorme, sendo que é pela dor que a gente aprende a maior parte das coisas na vida. Sua amiga fez algo que você não aprova e te pede sua opinião e por pena dela você vai e fica babando ovo dela. Me desculpe, mas você não ama essa amiga, você não é amiga dela. Provérbios 29:5 diz  O homem que bajula o próximo está apenas construindo uma armadilha para si mesmo. E em Provérbios 28:23 se continua o raciocínio dizendo Quem repreende um homem achará favor, mais do que aquele que o bajula com palavras vãs. 

O que fazer então?

Dê a chance de ser verdadeira e nua pela primeira vez. E esse era meu maior medo, me abrir para alguém. Ao invés de atacar, dizer o que eu realmente sentia sobre aquilo. Ficar em carne viva para alguém que a qualquer momento podia me passar sal. E isso aconteceu várias vezes, mas aprendi a ver o caráter de cada um também. Por muitas vezes, uma situação complicada foi resolvida sendo a primeira a abaixar as armas e abrindo o coração, sendo a primeira a perdoar e a dizer o que eu sentia. Outras, ao fazer isso, eu era mais atacada e questionada.

Mas supere esse trauma, seja fiel a si mesmo. Atente - se para a forma com que se fala, mas não aceite as coisas calada, nem fique bajulando aos outros para se sair de boazinha. Aceite o fardo de ser quem se é. Se você não gosta de algo, você não gosta e pronto. Se um dia você mudar de ideia, mudou e pronto. Ninguém tem o direito de por dedos no seu rosto e te acusar de nada.

18 de set de 2017

Cortes para ruivas de cabelo curto!

Como mostrei em um post anterior, esse, eu cortei meu cabelo bem curto. Mas ainda não mostrei a vocês pois ainda não defini o corte que eu quero para mim, só passei a tesoura cortando a parte ressequida.
Para me inspirar e inspirar vocês, fiquei um tempo no pinterest e instagram procurando modelos de corte que eu gostaria. 

Reprodução: Hair By Andrea

Reprodução: Pinterest

Reprodução: Pinterest


Reprodução: Pinterest

Reprodução: Pinterest

Reprodução: Pinterest


Instagram: @nothingbutpixies


Reprodução: Pinterest

Instagram: @cresposte
Instagram: @kelseynicholson_



Kelly Ousbourne

Instagram: @ingaterala

Instagram: @torrytough
Espero que tenham gostado das sugestões <3

Caso uma dessas fotos seja sua e você queira que eu retire, manda um email para serendipitylaw@gmail.com
If one of these photos is yours and you want me to remove it, send an email to serendipitylaw@gmail.com